6ª Corrida Decathlon Amadora

Tenho andado desaparecida mas a minha vida não tem estado fácil. Como alguns de vocês sabem trabalho numa editora e o arranque do ano letivo é a pior altura no que toca a volume de trabalho e stress, pelo que o tempo disponível é pouco e, confesso, o pouco que tenho aproveito para coisas como… Descansar? 😊

Estou em contagem decrescente para a Meia Maratona do Porto, a primeira de muitas, espero! Faltam 4 dias e começo a sentir aquele nervoso miudinho e aquela sensação na barriga que sentimos quando estamos apaixonados. E a verdade é que eu estou apaixonada por este mundo da corrida!

Já estou na fase de descanso pré-prova depois dos longos dos últimos fins de semana. O meu plano dizia que no Domingo anterior à prova devia fazer 7km a um ritmo confortável mas há já algum tempo que tinha planeado encaixar uma prova de 10k neste dia para sentir o ambiente de competição. Portanto, juntei-me aos LeYatletas para a 6ª Corrida da Decathlon da Amadora.




A prova tinha início às 10:05h (às 10:00h partia a caminhada) na Decathlon e combinámos encontrar-nos junto à empresa que fica a uns 15min a pé. Assim aproveitámos para fazer um aquecimento e meter a conversa em dia. Quando chegámos ao recinto percebemos que a prova não teria muita gente entre corrida e caminhada, por isso, uma vez mais ouvi aquela frase "numa prova com tão pouca gente a probabilidade de ficar em último é grande". Já tinha ouvido isto na Corrida Saúde + Solidária (agora que penso nisso foi a minha última prova oficial, em Maio), e, nessa altura, fiquei apavorada. Desta vez foi diferente por dois motivos:

1. Tenho plena consciência que estou numa forma física muito superior àquela que estava há uns meses atrás, já para não falar na lesão da anca que, felizmente, me tem dado sossego.
2. Já percebi que não há qualquer problema em acabar a prova junto aos últimos, depressa ou devagar 1km é sempre 1km e só pode haver mérito em percorrê-lo, qualquer que seja a velocidade.

Não vou mentir e dizer que fui para esta prova completamente descontraída. Não tinha pressão quanto a tempos mas combinei com o M. que ia tentar fazer um ritmo de 6:30min/km. Não era obrigatório até porque não queria forçar demasiado as pernas a uma semana da MM mas ia fazer um esforço e avaliando as possibilidades ao longo da prova. O M., atencioso como sempre, fez a prova toda ao meu lado e nunca precisei de olhar para o relógio. Ele foi controlando os ritmos e dando-me indicações. Quem me dera tê-lo comigo no próximo Domingo! Aliás, quem vos dera terem um M. como eu tenho! :P

Oh pra nós depois da prova :)

Soou a buzina da partida e lá fomos nós num percurso em terra junto à zona verde que rodeia a loja. Este primeiro quilómetro foi caótico. Muita gente num caminho bastante estreito, pessoas a andar, pessoas a tirar fotos (?!?), etc.. Fomos os últimos atletas da LeYa a passar a zona de partida e só depois do 1º km conseguimos começar a acelerar e ultrapassar uns quantos atletas, entre eles uns colegas de equipa que tencionavam fazer um ritmo mais lento. 

Antes da prova tínhamos reconstruído o percurso no Strava (obrigada Asmática por este truque) e, uma vez que conheço bem a zona, visualizei-o mentalmente. Sabia que após a rotunda de Pina Manique iríamos em direção à Damaia e, portanto, teria de descer até ao David da Buraca e subir até à rotunda (descida e subida bastante inclinadas) e depois seria virar à esquerda. Quando estava a iniciar a descida já vinham as primeiras lebres a fazer o percurso inverso e reparei que, em segundo lugar, estava o Armando Monteiro do Correr Lisboa (acabou por ficar em 4º da geral e 1º do escalão). Gritei-lhe "Força Vicente!" e, mais tarde, quando trocámos umas palavras nas redes sociais, ele ficou a saber que tinha sido eu. Tirando estes segmentos o resto parecia-me tudo mais ou menos plano. Pois é... Era se não me tivesse enganado no percurso que desenhei mentalmente. Na chegada à rotunda não era para virar à esquerda e sim à direita e aí é que estavam à nossa espera as piores subidas. Meus Deus! Nem queria acreditar que a prova teria tanta elevação!

Passo após passo, metro após metro, lá fomos avançando na distância. O M. sempre a dar-me indicações e, inclusive, a abrandar-me nas subidas em que eu decidia testar as minhas capacidades desenvolvidas nos treinos de altimetria em Sintra. Às vezes acho que me dou bem melhor nas subidas do que em plano mas este pensamento só me passa pela mente quando não estou a fazê-las ahahahahah.

Já depois da primeira metade da prova passámos pela zona de abastecimento. O M. acelerou para ir buscar água para os dois e assim eu não tinha de alterar o ritmo (vejam bem como ele é atencioso) e, nessa altura, uma senhora que estava próximo de nós disse-me "Anda, vamos juntas!". Eu sorri e respondi "Não sei se a consigo acompanhar que a senhora dá-lhe muito bem nas subidas!". Já a tinha visto a passar por mim e, realmente, ela mantinha um ritmo fortíssimo nas subidas e recuperava fôlego em terreno plano. Trocámos umas frases e eu cobicei-lhe as sapatilhas da Nike bem giras! Obrigada à senhora de calças roxas que não sei o nome, é sempre boa esta interação com outros atletas.

Durante o percurso demos força a outros atletas que ainda vinham a percorrer a primeira metade. Em último estavam duas senhoras já com uma idade avançada, e avançado também para as laterais eram os seus enormes sorrisos! Passámos também por um senhor sem um braço que encorajámos, que força de vontade! Por esta altura o M. brincou comigo e disse que ele tinha vantagem: era mais leve! Foi a forma que ele arranjou de me fazer descontrair e conseguiu porque soltei uma gargalhada! :D

Ao km 7 percebi que estava a fazer um bom ritmo. O M. dizia-me sempre que não precisava de acelerar, se mantivesse conseguia cumprir o objetivo de 6:30min/km. Eu sabia que sim mas não lhe obedeci e, sempre que podia, acelerava um pouco. Por esta altura, mesmo com a última subida de quase 1km, sabia que ia bater o meu record pessoal dos 10km. Nesta última subida posei sorridente para umas fotos e ultrapassei uma senhora com os seus 50 anos que me parecia com alguma dificuldade. Dei-lhe alguma força e ela sorriu. Mal sabia eu que na descida seguinte ela ia passar por mim a voar e chegar à meta uns 50m à minha frente :P Dei por mim a imaginar no que ela pensou quando lhe disse aquilo: «Obrigada mas creio que quem vai precisar de força não sou eu...». E tinha razão! No último km ainda pedi desculpa às dezenas de pessoas que estavam na paragem há horas à espera do autocarro que não passava enquanto a estrada não fosse reaberta. Compreendo perfeitamente o incómodo que estas situações podem causar e, incrivelmente, o meu gesto ainda gerou aplausos. Mais um boost de energia para os metros finais! 

Passei a meta com um tempo oficial de 1:03:22, menos 4min do que o meu record anterior que tinha conseguido a 16 de Agosto. Nesta altura olhei para o meu relógio e percebi que me faltavam pouco mais de 100m para os 10k e, como queria cumprir o desafio do Strava, em vez de seguir para a zona do abastecimento virei para o parque de estacionamento até fazer a distância. Ainda assim, o Strava roubou-me 100m (como habitualmente) e não completei o challenge. Só espero que isto não aconteça na meia maratona!

Mas porquê que nunca tenho direito à acentuação no meu apelido!? Porquê?!

Boa disposição depois da prova

O percurso com 202m de elevação




No final da prova estava muito feliz por ter conseguido este tempo. Foi mais rápido do que estipulei inicialmente e consegui-o num percurso bastante difícil. Segue-se a Meia Maratona e, no dia 24, a Corrida do Tejo. Nesta, quem sabe, volto a conseguir melhorar o meu tempo aos 10k! 

Comentários

  1. Haaa quem me dera ter um M. assim!! :P
    Gostava muito de te acompanhar na meia, mas das duas umas ou aos 15km ficavas sem mim ou chegava em coutos ao fim!!! Hehehehehehe
    Estás preparadíssima, e não precisas de nada mais que essa tua extraordinária força de vontade!! ;)
    Cá te espero para os 00:59:59 na Corrida do Tejo! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera poder ser o teu M.! :P

      Tu falas falas mas aguentas sempre, até quando puxo por ti no último km. Nunca te vi parar nem reclamar portanto, caso fosses comigo, tenho a certeza que não sairias do meu lado :)

      Olha que vamos para 00:59:59 no Tejo, mesmo!

      Eliminar
  2. Muitos parabéns pelo tempo e record :)
    E pelo prazer de corrida :)

    Desejo-te toda a sorte do mundo para o Porto. Fooorrrççççaaaa!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada João! Vou continuar a correr por prazer e, quem sabe, consigo outro record em breve :)

      Obrigada, muito obrigada! Estou ansiosa mas sei que acima de tudo me vou divertir até porque eu amo o Porto!

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Que sortuda, também queria um M...
    Parabéns pelo record!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se quiseres um dia destes partilho o meu M. contigo :)

      Obrigada!!!
      Bons treinos!

      Eliminar
  4. Grande M.! E grande Fabiana!
    É notória a paixão quando ainda não fizeste a primeira Meia Maratona, mas já estás a desejar fazer mais a seguir. Essa força de vontade é meio caminho andado!
    Tu vai tranquila para o Porto que fizeste o trabalho de casa como deve ser. Deixa o nervosismo para nós que vamos estamos estar à espera de novidades à distância. :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Norberto! :P

      Na corrida do Fim da Europa vais conhecer o meu M. e, quem sabe, conseguirás usufruir da boa disposição dele no início e no final. Não mais do que isso uma vez que farás a prova à nossa frente ahahahah

      Estou tranquila mas, ao mesmo tempo, nervosa. Tranquila porque sei que estou fisicamente prepararda mas, ao mesmo tempo, nervosa porque tenho medo que algum problema físico me afete até lá (tipo a minha lesão na anca que ainda não desapareceu totalmente apesar de andar adormecida). Mas não vou pensar nisso, vai correr bem! :)

      Beijinhos!

      Eliminar
  5. Excelente resultado e excelentes indicações para a Meia!
    Parabéns!

    Bom descanso e muita força para Domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Agora é só mesmo descanso e hidratos de carbono ahahahah

      Bons treinos!

      Eliminar
  6. Tenho-me lembrado imenso de ti e, apesar de andar a leste deste Mundo, não podia deixar de te vir dar umas palavras antes de Domingo!

    Vai ser uma experiência única, que nunca vais esquecer, por isso, goza o momento! Com todos os treinos que fizeste, estás mais do que pronta! Gere bem o principio, não te entusiasmes, e vais ver que no final vais ter forças de sobra para acabar em grande!

    Desejo-te muita força e vou estar a torcer por ti (vou ter um treino longo para fazer...) :)

    Um beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Agri! A tua vida deve andar a 1000!

      Muito obrigada pelos minutos que tiraste para me deixares esta força. Vocês vão todos passar a meta comigo! :D

      E boa sorte para esse treino longo, um dia deste vou colar-me a ti, já sabes! :)

      Beijinhos!

      Eliminar

Enviar um comentário