Últimos desenvolvimentos


Andei a ganhar coragem para escrever sobre esta última semana, na esperança de que algo de muito bom acontecesse e fosse digno de ser partilhado. Aconteceu algo diferente, que espero ser bastante bom a médio prazo. Mas já lá vamos.

Indo por partes: depois daquele treino maravilhoso de domingo passado, em que percorri a maior distância desde que surgiu este bichinho pela corrida (15km) a uma velocidade estonteante para mim (6:48min/km), fiz mais dois treinos e uma coisinha nova.

Quarta-feira

Mais um treino em Monsanto com colegas de trabalho. Este treino foi diferente porque o dividimos em duas partes de corrida e, a meio do trajeto, fizemos Tabatas. Foi a primeira vez que ouvi este termo mas, quando o A. explicou o que era, percebi de imediato que dificilmente conseguiria cumprir com todos aqueles exercícios. Até não correu mal. Obviamente não fiz uma única flexão porque não tenho a mínima força nos braços. Mas não fiquei parada, optei por fazer prancha. Tenho de rever isto porque não gosto de não ser capaz de fazer alguma coisa. Percebi que nos exercícios de pernas estou bastante bem, o peso do meu corpo já não faz grande estrago, talvez adicionando alguns pesos seja mais desafiante. Fica o resumo da parte do treino referente à corrida:

174m de elevação

Sábado

Era para ter ido correr na sexta-feira mas colocou-se outro compromisso e adiei para sábado. Até deu jeito uma vez que, na segunda-feira, teria uma nova experiência de treino para a qual não queria estar KO. Fui certinha e às 8h e pouco da manhã estava equipada e fui em direção à Expo. Comecei junto ao Rio Trancão mas, para fazer algo diferente, decidi iniciar o treino por um lado nunca antes percorrido, pelo centro de Sacavém até Moscavide. Comecei logo a subir para abrir a pestana. Este foi um daqueles treinos que não correu bem. Eu sei que há dias assim mas é quase inevitável não nos sentirmos frustrados. Já não estou habituada a correr de manhã, ainda que cedo já estava muito calor, o sol batia diretamente no corpo aquecendo-me ainda mais... Péssimo. Tive de parar umas duas ou três vezes numa sombra para me recompor uns segundos. Posto isto fiz um treino mais curto do que esperava:

75m de elevação

Segunda-feira

Esta é a coisinha nova, novidade fresquinha :)

Como sabem eu sou uma novata nisto do exercício físico específico. Já fiz desporto sim, Remo, Futsal e Andebol ("há muito, muito tempo, era eu uma criança..."), mas tudo isto é muito diferente de 'simplesmente' correr. Achei que devia encontrar formas de fortalecer o lado muscular e, com isso, melhorar alguns aspetos da corrida. Se conseguisse aliar a isso a melhoria técnica e de postura, melhor! Porém, não sou grande fã de ginásios. Aliás, nem grande nem pequena, não sou fã. Ainda pensei em inscrever-me num ginásio em horário parcial só para utilizar as máquinas de musculação. O Pump agora tem uma modalidade nova: 15€/mês para utilização em horário total às sextas, sábados e domingos. Pareceu-me uma boa opção mas queria um acompanhamento mais específico agora de início, alguém que me ensinasse exercícios mais completos, bons alongamentos, truques, dicas, que soubesse olhar, analisar e sugerir melhorias. Mas todos sabemos que os PT's nos ginásios são muito caros ocupados, portanto procurei alternativas. Foi assim que, depois de algumas pesquisas, cheguei ao contacto com o João Lamy que se mostrou de imediato disponível para me ajudar a atingir os meus objetivos e, a melhor parte, em ambiente outdoor.

Ontem foi o nosso primeiro treino onde conversámos sobre a abordagem que vamos ter, estratégias a utilizar, fizemos uma avaliação inicial e alguns exercícios não muito intensos para o João ter noção da minha postura, agilidade, técnica, etc. Ainda avaliou a minha técnica de corrida e deu-me logo uma dica: levantar mais os joelhos para uma melhor impulsão ao correr. Depois deste treino inicial fui dar uma corridinha rápida ali em Belém para matar o bichinho e testar a dica que ele me deu e, verdade seja dita, diminuí cerca de 30 segundos por km ao meu ritmo habitual:

Falta saber se consigo manter esta técnica num treino longo

Gostei muito desta primeira experiência e de ter alguém "só para mim" :) É importante para nos ensinar, corrigir e estimular. Optámos por fazer um treino de reforço muscular por semana, uma vez que já complemento com treinos de corrida. De vez em quando vamos também fazer uns sprints para incrementar a minha velocidade.

Estou muito entusiasmada com os próximos treinos mas sei que serão 45min de uma intensidade brutal para me deixar morta. Vou tentar deixar-vos a par das novidades... Se tiver força! E estiver viva! :P

Amanhã volto a Sintra mas desta vez não vamos trilhar. O meu amigo M. vai levar-me a fazer a Estrada da Pena, parte do percurso do Fim da Europa.

Wish me luck! :)


Comentários

  1. O teu entusiasmo é bastante notório! :) Que se mantenha!

    Boa sorte com Sintra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Bom regresso aos treinos :)

      Olha, tu que costumas correr na marginal à noite como é que tem estado a nível de vento?

      Eliminar
  2. I wish you luck! :)

    Vais entrar naquela fase em que a progressão é notória e quase constante (com alguns naturais e inevitáveis dias fracos de permeio). Aproveita bem!

    Beijinhos e força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, João!

      Assim espero, as melhorias progressivas são um ótimo fator de motivação!

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Há treinos bons e menos bons. Há treinos excelentes e depois outros, que só apetece fazer um buraco e desaparecer (até passar o amuo)! Estás a experimentar isso tudo!
    Treina, treina, treina (com conta, peso, medida e ajuda - se tiveres), os resultados vão aparecer!

    Boas corridas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu grande receio é que no dia da meia maratona seja um destes "dias maus". Ainda por cima estamos em Agosto e o calor ainda não se fez sentir, espero que não esteja à espera de Setembro para dar o ar da sua graça... Tenho rezado para que esteja frio e o encoberto ;) Vamos ver se ouvem as minhas preces!

      Beijinhos

      Eliminar
    2. "Dias maus" não podes controlar, mas podes ensinar (progressivamente) o organismo a lidar com temperaturas mais elevadas, durante a corrida. Hum...pelo andamento da carruagem, não me parece que o Setembro vá ser brando nas temperaturas, mas treinar ao fim-de-semana, no horário a que a prova se vai realizar, talvez ajude. Estou a falar em termos teóricos, a malta mais experiente deve ter melhores conselhos!

      boas corridas!

      Eliminar
  4. Good luck!! :)

    Que esse entusiasmo se continue a transformar em energia para conseguires superar os desafios a que te vais propondo! Esta é mesmo a fase da evolução e de veres os resultados a melhorarem gradualmente.

    Estás no bom caminho para fazeres um resultado muito agradável no Porto e depois olhares para o início do percurso e sorrires ao reler os teus medos e inseguranças iniciais.

    Hei-de fazer uns longos a partir de Sacavém até ao infinito e mais além em breve.
    Beijinhos e continuação de bons treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pá já estava com saudades tuas! :D Isto de ires de férias da blogosfera tem de ser revisto :P

      Já sabes que no Porto estou focada em acabar. Como disse em cima à runner wannabe tenho medo que o calor atrapalhe. O calor é, sem dúvida, o meu maior inimigo! Se acabar em menos de 2h30 faço uma festa e estão todos convidados!!! Uma festa em forma de corridinha de recuperação, claro :)

      Hmmm... Sacavém em direção ao Terreiro do Paço? Ainda não decidi que percurso fazer nos treino longos de 17km nos últimos fins de semana deste mês, é uma boa ideia :)

      Beijinhos e bom regresso aos treinos e ao blog!

      Eliminar
    2. Combinado, não volto a ir de férias da blogosfera! :)

      Sempre que se faz uma distância nova e maior que o habitual o foco principal tem que ser esse. Já marquei esse treino festivo na agenda para dia 18/09, depois diz-me onde começa e acaba.

      Sim, nessa direcção. O Correr Lisboa tem previstos treinos longos aos sábados de manhã (bem cedinho...) nesse percurso e ou me junto a eles ou aproveito a ideia e uso o mesmo trajecto.

      Obrigado. :)

      Eliminar
  5. AHHHH!!! Entretanto depois do teu comentário lá descobri que tinhas blog (já sou seguidora) e cá estou eu a ler isto e já decidi que devemos ser super amigas!!! ahahah

    Ora, os ritmos de corrida são semelhantes parece-me e depois cá está, és das minhas, flexões... zero! Zero força de braços, não consigo perceber, era uma das resoluções do meu ano 2017, só que até à data ainda não aconteceu... oops... bom ainda faltam uns mesinhos quem sabe.

    Quanto ao teu treino novo, avaliação de postura e por ai, foi bem pensado, às vezes a corrida precisa de mais uma ajudinha (que ainda não fui capaz de dar) e pelos vistos já deu frutos.

    Vens aqui para as zonas de Sintra :) acho que fazes muitíssimo bem!

    Aproveita e bom treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devemos e vamos ser! Já sei a quem cravar umas voltinhas por Sintra, a ti e ao pai (o teu, claro)!

      Haja alguém que não faz uma única flexão como eu! Ahahahah

      Lembro-me de ter experimentado uma aula de crossfit e não conseguia levantar a barra acima dos ombros (a barra são 15kg). O instrutor sugeriu que fizesse o mesmo exercício mas com alteres (acho que eram 5kg cada um), ou seja, colocá-los ao nível dos ombros e levantar. E eu conseguir pegar nos alteres e pô-los nos ombros? O que eu me ri!!! :D Pode ser que os treinos de reforço muscular me ajudem nisto também.

      Obrigada, bons treinos para ti também!

      Eliminar

Enviar um comentário