Aquele treino que não sabemos explicar...

Dia: 26 de Março de 2017
Hora: 20:25h
Distância: 14,8km
Tempo: 1:46h
Ritmo: 7:11/min





O que é que se passou aqui? Eu gostava de saber explicar mas não faço a mínima ideia! :D Basicamente este é um daqueles dias em que tudo corre bem!

Era Domingo. Por norma, nos treinos durante a semana, costumava correr de manhã, antes do trabalho. Levantar pela fresquinha, ver o sol a nascer (ADORO!), tomar um banhinho e iniciar mais um dia. Ao fim de semana era diferente. Aproveitava para dormir mais um bocadinho e deixava um treino mais longo para a noite de Domingo. Lembro-me que, neste Domingo em particular, fui visitar família a Mafra e lanchei por lá. E que lanche, senhores! Eu acho que estava insaciável tal a quantidade de comida que coloquei goela abaixo! Voltei para Lisboa tranquilamente, vesti o equipamento e disse ao meu pai que voltava a tempo de jantar com ele. Jantaríamos um pouco mais tarde mas, tendo em conta que lanchámos o equivalente para alimentar 10 pessoas não haveria problema.

Comecei o treino junto à esquadra da Ameixoeira, ponto de partida de muitos dos meus treinos pela cidade (acho sempre que a qualquer momento posso esbarrar num agente da autoridade giro e simpático mas, até ao momento, ainda não tive sorte :P) Optei por correr a um ritmo bastante confortável, sem pressas nem pressões. O percurso podem ver na imagem. Quando desci a Av. do Brasil e cheguei aos Jardins do Campo Grande, era suposto virar à direita e seguir até ao Lumiar onde faria a inversão e terminaria na rua da esquadra. À última da hora mudei e virei à esquerda, em direção ao Saldanha. Sentia-me bem e, inicialmente, pensei em ir até Entrecampos. Não é que chegada a Entrecampos continuava bem? Porque não continuar? Resultado: fui até ao Saldanha, inverti e corri até ao Lumiar. Devia ir com uns 11km e pensei «11km já tu fizeste outras vezes, se te estás a sentir minimamente bem continua!». E assim foi, Lumiar » Campo Grande » Lumiar » Rua da esquadra. O meu TomTom registou 15km mas o Strava decidiu retirar 200m à minha grande vitória (invejoso!). 

Como é que me sentia? A nível de cardio estava ótima mas não sabia onde tinha deixado os pés porque deixei de os sentir lá para o Km 12. Aliás, os pés e as mãos! Ainda hoje não percebi o que se passou mas fiquei com as mãos super dormentes o que, confesso, até me assustou. Mas estava tão feliz! 15km!!! O meu treino mais longo até agora (sim, até agora 4 de Julho!). Estava tão feliz que quando cheguei ao carro ainda sincronizei com o Strava, vi os parciais, garanti que o GPS tinha registado tudo corretamente e voltei para casa com um enorme sorriso! :D

Agora a parte engraçada mas que não teve graça nenhuma... Eu não corro com telemóvel. Desde que tenho TomTom Runner 2 que o telemóvel espera por mim no carro ou em casa. Detesto ter pesos no corpo. Tudo o que seja dispensável não segue comigo (e por isso é que nunca bebo água durante os treinos, antes morrer de sede do que correr com uma garrafa de 300g  que pode aumentar o meu (mísero) tempo em 0.000000000001 segundos). Quando regressei do treino, feliz e orgulhosa, reparei que já me tinham ligado mas nem liguei. Não pensem que não ligo ao facto dos outros estarem preocupados comigo mas naquele momento estava em êxtase total, foi como se não tivesse visto nada. Depois de me acalmar lá caí na realidade e decidi retornar a chamada para garantir que estava viva. Já não fui a tempo, o meu pai e a minha irmã já tinham saído de casa à minha procura o que, agora pensando bem, é totalmente compreensível, afinal estive a correr durante quase 2h! Vou repetir só para ficar registado mais uma vez: estive a correr durante quase 2h!! 

Logo depois apoderou-se de mim uma sensação de arrependimento. Como já vos contei aqui no Domingo anterior tinha corrido a Mini Maratona da Ponte 25 de Abril, e corri a Mini porque achei que não teria pernas para a meia (o que é realmente provável). No entanto, depois de um treino tão bom pensei que talvez não tivesse sido mau aventurar-me na meia, mais 6k e teria conseguido (ou não!). Se bem que, tendo em conta as peripécias dessa prova, não sei como teria terminado a Meia Maratona!

O que ficou guardado com carinho no meu coração é que um lanche 'enfarta-brutos' até pode não ser assim tão descabido... O que acham?


Comentários

  1. Excelente treino! Dos 15km até à Meia Maratona é um passinho.
    Também tenho uma relação particular com treinar/correr com telemóvel...
    Tens que partilhar o conteúdo desse lanche! :)

    ResponderEliminar
  2. É não é? Isso N.. Motiva-me que a Meia do Porto está quase aí! :D

    Diz-me que eu não sou a única maluquinha que corre sem telemóvel?!

    Eu gostava de me lembrar ao certo do conteúdo do lanche mas só me lembro que houve muito pão (algo que agora até já não como com grande frequência)! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não és a única maluquinha que corre sem telemóvel. E tantos raspanetes que eu já ouvi à pala disso...

      Eliminar
    2. Yes! Yes! Yes! Alguém que me entenda!

      Eliminar

Enviar um comentário